Extraia o máximo do EVA

Extraia o máximo do EVAA cada dia, o EVA ganha mais e mais espaço, no mercado. Seja por meio de artesãs ou por pessoas que desejam, apenas, construir peças a partir desse material. Na indústria, o EVA também apresenta clara evolução, ganhando, cada vez mais, espaço, em ambientes como academias, onde os tatames de EVA se destacam, creches e, principalmente, escolas. Isso porque, por se tratar de uma borracha não tóxica, resistente, facilmente lavável e presente em diversas cores, ele tem ganhado o gosto de docentes e alunos.

Seja em sala de aula ou em uma oficina artesanal, diferentes materiais e técnicas podem ser utilizadas, para construir peças e produtos, com base no EVA. Com o EVA, possibilidades não faltam! É possível costurar, bordar, montar trabalhos de forma simples, mais elaborada ou, até mesmo, tridimencional, desenhar sobre ele, moldá-lo e pintá-lo da forma desejada, recortar e colar ele. Para isso, essencialmente, você precisará de duas coisas: materiais adequados e criatividade!

Para pintar peças de EVA, você pode usar uma série de produtos, fáceis de encontrar e de utilizar. O lápis de cor, daqueles aquareláveis, são um exemplo disso. Como aderem bem ao EVA, podem ser usados para pinturas, de forma seca ou com sua ponta molhada. Essa e todas as técnicas apresentadas aqui, que você queira usar, vão depender, exclusivamente, do que você estiver fazendo. Os seu tato vai definir quais contornos seu trabalho terá. Mas voltando aos materiais… as canetas também podem ser ótimas aliadas, na hora de contornar um desenho, delimitar áreas para cortes, etc… Algumas canetas para tecido, que também possuem boa aderência ao material, podem ser usadas, traquilamente. O único cuidado à se ter é verificar, após sua utilização, se sua tinta já secou, a fim de não manchar seu trabalho. Já as canetas hidrográficas merecem atenção especial. Elas, sim, podem manchar seu trabalho, se não forem usadas com cuidado. Para que isso não aconteça, borrife um pouco de verniz (Acrilfix Spray), para impermeabilizar e evitar manchas desnecessárias.

Como esse materiais, uma série de outros estão à sua disposição, esperando serem usados dos mais diversos modos, para as mais variadas finalidades. Como já disse, antes, basta saber usá-los, com cuidado, conhecimento e (muita) criatividade. Lembrando, sempre, que a finalidade das nossas dicas não é dizer quais, como nem de que modo usar tais produtos, seja para o fim que for, mas, sim, darmos uma ideia de como eles podem ser usados e da variedade, quase, infinita de materiais e formas que podem ser explorados, a partir do EVA. Basta um pouco de paciência e predisposição, para apoderar-se da técnica e utilizá-la, com capricho. Opções não faltam.

 

Deixe seu comentário

Open chat
Olá, quer conversar?